PT
HEADER SITE

Notícias

Viana do Castelo recebe a apresentação do novo programa ERASMUS+

18 jun · 09h30

Viana do Castelo recebe hoje, dia 18 de junho, a cerimónia de lançamento do novo programa ERASMUS+ 2021-2027. Este programa conta com um orçamento total de mais de 28 mil milhões de euros, o dobro do valor disponível no programa anterior de 2014-2020.

O percurso de um dos mais icónicos programas da União Europeia

O programa ERASMUS foi lançado pela primeira vez em 1987, com o objetivo de incentivar o intercâmbio de estudantes universitários na Europa. Na primeira edição, era possível estudar em universidades de 11 países europeus. Hoje, há oportunidades um pouco por todo o mundo.


O ERASMUS estabeleceu-se como um dos mais emblemáticos programas da União Europeia, através do qual os alunos podem fortalecer capacidades linguísticas e contactar com novas culturas e diferentes formas de aprendizagem.

De ERASMUS a ERASMUS+

Ao longo de mais de 30 anos, o programa ERASMUS chegou a mais de nove milhões de pessoas, aproximando cada vez mais países e alargando o seu público-alvo.


Lançado pela primeira vez em 2014, o ERASMUS+ tem iniciativas destinadas a alunos, professores e animadores de juventude. Com vista a preparar os estudantes para a entrada no mercado de trabalho e para a participação na vida cívica, o ERASMUS+ permite também realizar estágios em empresas e organizações no estrangeiro.


Mais do que um programa para a mobilidade de jovens estudantes, o ERASMUS+ tornou-se num programa de cooperação, através do qual se podem adquirir competências essenciais para uma vida independente e realizada, desenvolvendo um sentimento de identidade europeia.

O novo programa ERASMUS+ 2021-2027

O ERASMUS+ 2021-2027 pretende ser mais inclusivo, com iniciativas destinadas a pessoas de diferentes idades e contextos culturais, sociais e económicos, com enfoque nas pessoas com menos oportunidades: pessoas com deficiência, com dificuldades educacionais, em contextos de migração e de áreas mais remotas. Será também mais digital e mais verde, através da aquisição de competências digitais, com aprendizagens acessíveis e de alta qualidade, e através de iniciativas para aprofundar conhecimentos sobre sustentabilidade e ação climática.


O programa também apoia o Pilar Europeu dos Direitos Sociais e a cooperação europeia na área da educação e formação. Além disso, executa a Estratégia da UE para a Juventude 2019-2027 e desenvolve a dimensão europeia do desporto.


Prevê-se a participação de mais de dez milhões de pessoas, em iniciativas dentro e fora da Europa e com formatos mais flexíveis, entre três e 12 meses.

O lançamento do novo programa ERASMUS+ 2021-2027 tem início pelas 14h30 (hora de Lisboa). Conta com a participação do Vice-Presidente da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, da Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, da Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel, e da Presidente da Comissão de Cultura e Educação do Parlamento Europeu, Sabine Verheyen.

INFO ERASMUS Pt (1)

ERASMUS+

O programa ERASMUS surgiu em 1987 para fomentar a mobilidade de estudantes universitários em 11 países europeus. O programa cresceu, alargando o seu público-alvo e os setores abrangidos. O Erasmus+ é agora o programa europeu que apoia a educação e a formação, a juventude e o desporto.

Cronologia do Programa ERASMUS
1987 – Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Itália, Países Baixos, Portugal, Reino Unido
1988 – Luxemburgo
1992 – Áustria, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia
1994 – Liechtenstein
1998 – Chipre, Eslováquia, Hungria, Polónia, República Checa e Roménia
1999 – Bulgária, Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia
2000 – Malta
2004 – Turquia
2009 – Croácia
2014 – Antiga República Jugoslava da Macedónia

 

30 anos de ERASMUS
Em 2017, o programa ERASMUS completou 30 anos de existência.

4 400 000 estudantes do ensino superior
1 400 000 intercâmbios de jovens
1 300 000 alunos de formação profissional
1 800 000 pessoal docente e jovens trabalhadores
100 000 voluntários europeus
100 000 estudantes e trabalhadores do ERAMUS MUNDUS


ERASMUS + 2021-2027
O programa ERASMUS+ 2021-2027 aposta na inclusão social, na transição ecológica e digital e na promoção da participação dos jovens na vida democrática

Orçamento:

26,2 mil milhões de euros – o dobro do orçamento do período 2014-2020
+ 2,2 milhões de euros – provenientes de instrumentos externos da UE

 

O ERASMUS+ oferece oportunidades de mobilidade e cooperação em:
• ensino superior
• ensino e formação profissionais
• educação escolar (incluindo educação e acolhimento na primeira infância)
• educação de adultos
• juventude
• desporto